Viajar para Correr

Não sei se todo mundo tem o mesmo gosto que eu, mas não consigo acreditar que as pessoas não gostem de viajar. Ir para um lugar diferente, conhecer novos lugares, culturas, pessoas, comidas! Viajar é sempre uma renovação para a alma, renova as energias e dá aquele ânimo novo para voltarmos para casa e tentarmos buscar novos horizontes diferentes. Não é assim que acontece com vocês?
  

Orlando, Santiago, Rio, Ubatuba e Maresias

Eu adoro viajar! E acho que meu incentivo maior em trabalhar é poder ter a chance de colocar isso em prática mais vezes. Claro que nem sempre dá pra ir para qualquer lugar, mas só o fato de sair de casa, seja para onde for, já renova tudo! 

E viajar para correr? Vocês tem esse costume? Fora o período de férias, eu uso a corrida como desculpa para viajar. As pessoas ficam impressionadas com isso, mas é uma oportunidade única de sair de casa um pouquinho e ainda participar de provas diferentes, com percursos desconhecidos. Eu comecei com isso quando cansei de correr as provas de São Paulo. Todo ano eram as mesmas, nos mesmos percursos. Aí comecei a pesquisar lugares próximos e pensei: Por que não?

  

Rio, Campos do Jordão, Botucatu e Maresias

Já fui para Ubatuba, Maresias, Botucatu, Rio de Janeiro, Noronha, Campos do Jordão, Florianópolis, Santiago e Orlando… Em vários tipos de provas diferentes: na rua, na praia, na montanha, atravessando rio… O espírito aventureiro quando viajamos fica também nas provas, porque não sabemos o percurso que encontraremos e fica sempre uma surpresa por trás de cada trecho percorrido. A sensação de terminar uma prova dessas é indescritível, muito prazerosa. O único porém, fica na hora que não dá para ir em todas que gostaríamos…  mas com objetivos definidos e com um pouco de economia, dá pra planejar!

Santiago em 2014 – Primeiros 21k

Recomendo a todo mundo que ainda não fez isso, a fazer pelo menos uma vez! Você pode pensar que é mais fácil viajar e fazer um treininho no local onde estiver… Sim, isso sempre é possível e traz o mesmo sentimento de percurso desconhecido. Mas, ter a lembrança de uma prova pela medalha ou pela camiseta parece que você vive aquilo por mais tempo, sem contar que, nas provas você nunca está sozinho e a interação com os amigos criam mais vínculos, e nos trazem boas lembranças também das pessoas.

  

21k em Noronha 😍 – 2014

 
  

Quem ai se empolgou e quer saber as oportunidades fora da capital de São Paulo, seguem algumas provas previstas (nem todas com as datas confirmadas) para você tentar se planejar e participar de alguma:

 

Nos encontramos por aí em alguma delas! 😉

  
 

@julibak

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s