Maratona de São Paulo

Domingo dia lindo de sol e de Maratona de SP! Quem foi??? Estive por lá para apoiar meus amigos… E confesso que deu uma vontadezinha de ter participado!

Apesar de ser chamada de Maratona, a prova continha ainda as distâncias de 5 ou 15 milhas.

A Mi participou das 5 milhas e pode contar pra nós como foi:

“Fiz os 8k na Maratona de SP e já senti uma melhora muito grande na organização comparado ao ano passado na questão da hidratação. O percurso foi o mesmo, e eu no trauma do bendito túnel que devido ao calor estava sufocante, mas me senti melhor, com as pernas mais leves, o que significa que estou melhorando. 😊

Acompanhei a chegada das pessoas que fizeram a maratona e achei incrível como os atletas de elite correm. Depois, quando começaram a chegar os amadores era sensacional ver a emoção deles e das pessoas que estavam esperando por elas. Correr é muito legal, mas torcer e apoiar também são atitudes muito bacanas.”

Mi durante o percurso

Mas também temos participações especiais nesse post hoje! Meus amigos e meu coach vão dizer como foram a prova pra eles nas distâncias que fizeram:

15 milhas



Por Filomena Prada

“Maratona internacional de São Paulo! O que dizer?

Participei em 2015, pela 1ª vez dessa “Maratona ” mas não corri os 42.195Km, não corro tudo isso. Mas o que me levou à ela, foi saber que a “Meia” maratona não tem 21Km e sim 25km, 15Milhas. Pronto, me encantei.

Adoro tudo que é diferente, desafio um pouco maior, já havia feito 2 meias. Mas essa era diferente.

Fui e Fiz. Simples Assim!

Não, não foi simples, foi sofrida. Corri o tempo todo, sem parar ou caminhar, tive apoio da Carol Fonseca durante todo o percurso, ela de bike, eu correndo. Terminei a prova com apoio e torcida de muitos amigos. Eu sentia tantas dores no quadril que a sensação era de estar em trabalho de parto, ia “parir” e não sabia. Com apoio via telefone da Jú Bakanovas , eu caminhei até o metrô e voltei para casa. Sem sentar, era isso que a Jú me disse, não senta. E assim eu fiz. Jurei nunca mais correr essa prova.

Até que decidi me desafiar, fazer novamente essa Prova e terminar “sem sofrência”. Depois de decidido, era treinar para conquistar. E foi o que fiz, treinei para isso. Foco nas 15 milhas.

Fui lá e Fiz!!!!!! Sem Sofrência!!! Sem parir!!!

A prova ficou fácil? Não.

Essa prova não é fácil, nunca será.

15 milhas da Maratona Internacional de São Paulo, um charme essa distância, diferente, desafiadora.

Hummmmm To sentindo que farei novamente. Será????

Acho que terei que desafiar os novos fantasmas dessa corrida. Isso mesmo, essa prova nunca terá duas edições iguais, seja o percurso sendo o mesmo ou não.

🙊

Bora lá #GatasnaPixta?????

15milhas2017?????

Bjs

Filó”

Filó sempre linda se divertindo durante a prova!



Por Gregory Fonseca

“Na minha opinião, a Maratona de São Paulo 2016, em comparação com anos anteriores foi muito melhor e mais bem organizada. A estrutura de tendas e largada não estava bagunçada, a hidratação estava perfeita, inclusive com Água de Côco, haviam vários staffs durante o percurso para dar apoio, enfim, tudo muito bem organizado. Mas, o que se destacou esse ano na minha opinião foi o apoio de pessoas voluntárias de diversas assessorias durante o percurso, seja com reposição de hidratação / alimentação, seja com apoio psicológico através de gritos de incentivo, principalmente dentro da USP, onde, tradicionalmente, não havia torcida em anos anteriores. Isso certamente fez a diferença aos atletas!

Em resumo, a Maratona de São Paulo ainda está longe de se igualar a qualquer uma das Maratonas que já tive oportunidade de participar fora do Brasil, no entanto está no caminho correto para que isso ocorra algum dia.

Beijos, meninas!”

Greg nas 15 milhas: postura perfeita

Maratona



Por Emerson Bisan

“Não queria que acabasse !!!

Foi a sensação que tive quando cruzei a linha de chegada. A verdadeira sensação de “chegar em casa.” Foi uma maratona muito especial pra mim, apesar da 67ª Maratona completada e 18ª em São Paulo, dessa vez foi bem especial. Correndo ao lado de um antigo aluno de personal que iria pra sua segunda maratona, apesar do calor e as dificuldades que o percurso esconde foi uma festa incrível. A participação e envolvimento de todos da Nova Equipe, mesmo que não correram, mas participaram do jantar de confraternização, do apoio e torcida deu um sabor mais que especial pra mim. Sem dúvida é a prova onde encontro o maior número de corredores, treinadores e amigos que conheci nesses 20 anos de corridas. Uma energia boa e uma atenção que dava uma força incrível a cada grito e cumprimento desses caras.

Tomamos todos os cuidados com o que íamos enfrentar e com apoio da galera deixou a prova inesquecível e divertida. Obrigado ao apoio de todos e até a próxima.”

Coach Bisan passando pelo km 40

Por Luiz Fernando Valloto

“Quando decidi fazer minha estréia em maratonas, na Maratona Internacional de São Paulo, todos me alertavam sobre o quanto ela é difícil. Isso já me deixou apreensivo e com uma certa insegurança! Mas escolhi São Paulo, pois nasci, cresci e vivo aqui há mais de 25 anos. São Paulo tem seus problemas, mas amo essa cidade. No dia da prova, temperatura alta, umidade baixa, e percurso que não era nada fácil, me deixaram preocupado! O medo de quebrar era grande! Fui cauteloso no início, assim como meu treinador pediu. Mantive o ritmo o mais confortável possível, estava com pace de 6′ durante boa parte da prova. O que me deixou tranquilo! A parte mais difícil para mim, foi na USP, quando entramos nela metade da prova já tinha ido. O ambiente quieto se misturava com o de festa no km 24 (onde o pessoal das 15 milhas completavam a sua corrida), onde é um convite para desistir. Tentei esquecer de tudo ao meu redor e seguir adiante. Até que chegou o trecho crucial da prova, pelo menos para mim, a saída do Túnel Tribunal de Justiça (km 40). Nesse momento, existe uma subidinha, onde todos estavam caminhando e eu no trote leve (não queria parar de correr em nenhum momento, esse era meu objetivo na prova), mas naquele momento, pensei em várias vezes parar e ir andando. Até que avistei o pessoal da equipe e aquilo me deu um ânimo final. Todos gritavam o meu nome e dava apoio para concluir os últimos 2k. Aquilo foi fundamental! Ganhei até chocolates (risos). Pronto, coloquei na cabeça que ia concluir e fui. No km final, encontrei o Rogério, companheiro de equipe e pessoa muito especial, ele estava me esperando para corrermos juntos o final. Logo mais a frente, encontro a sua esposa, a Solange, outra querida, os dois correram os ultimos metros comigo. Foi emocionante demais! Quando entrei na reta final, o restante da equipe estava lá junto com a minha mãe, que foi acompanhar a corrida, gritando o meu nome. Foi lindo! Terminei a prova em 4h21, tempo brilhante por ser a minha estreia e em uma prova dificílima com a de São Paulo. No final, a minha escolha por São Paulo teve a sua resposta! Correr em casa é outra coisa, creio que se eu escolhesse outra maratona para estrear, não teria o mesmo brilho que teve em São Paulo. O apoio da minha mãe, da equipe e amigos foi demais! Se fosse em outro lugar, provavelmente eles não estariam lá. Por isso, a Maratona Internacional de SP, foi e será inesquecível para mim. E em 2017, estarei presente novamente, não terá o mesmo glaumour da primeira, mas sempre terá um gostinho especial.”

Luiz feliz da vida completando a primeira maratona! Foto: @popcornrunbr

Vocês se emocionaram como nós lendo essas histórias? Não se trata somente de corrida, mas sim de fazer o que se gosta, o que te faz bem, se superar e ir em frente!

Que todos nós possamos sempre lembrar disso 😉


@julibak

Anúncios

4 comentários sobre “Maratona de São Paulo

  1. Estive lá.
    Sou pai do Gregory Fonseca e ele não sabia que eu estaria esperando o.Achei delicioso a surpresa e a alegria dele em ver me lá E achei delicioso abraçar seu corpo deliciosamente frio e molhado.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s