Desanimei… e agora?


Todo mundo tem uma fase desanimada nessa vida louca de corridas… se você ainda não passou por isso, sinta-se com sorte! Talvez não tenha chegado seu momento ou você é imune a esse sentimento.

Mas porque isso acontece? Não sou nenhuma expert no assunto, mas pelo que já conversei com várias pessoas que passaram por essa situação, a maioria delas tem uma teoria: depois de um período de treinos intensos ou de algum trauma físico fica mais difícil voltar a treinar. O corpo stressado parece que cansa, a cabeça fica preguiçosa, e a vontade de ficar sem fazer nada impera…

Estou nessa fase nesse momento… o porque? Não sei dizer ao certo! Mas acho que a falta de treinos por causa da minha lesão colocou na minha cabeça que meus objetivos que tracei no começo desse ano já não poderiam mais ser alcançados… com a cabeça fraca já viu no que deu né? Os treinos foram ficando em segundo plano, e tudo aquilo que era prioridade foi pro ralo abaixo. 

E como encontrar motivação pra retornar? Primeiro: vc quer mesmo voltar? Às vezes esse é um sinal que o corpo dá que precisa ser ouvido: ele tá pedindo descanso e nada mais justo que dar um tempo pra ele… No meu caso a resposta é: sim, quero voltar! Eu sinto falta de treinar certinho, do bem que a corrida faz pra minha cabeça… mas porque ao primeiro sinal eu desisto? 

Nesse retorno a motivação tem que ser além da vontade interna, pelo menos pra mim. Preciso dos incentivos de pessoas queridas, de alguém que se proponha a correr ao meu lado, ou que me cobre resultados. Que nem criança mesmo sabe? Estabelecer novas metas também ajuda… se elas forem em conjunto com alguém fica mais fácil cumprir, porque você não vai querer desapontar a outra pessoa e no começo isso pode ajudar muito!

O importante é ter definido dentro de você o que você realmente espera e deseja da corrida. Não transformar os treinos em cobranças massantes, porque a corrida tem que ser lazer e não obrigação certo? Voltar na companhia de amigos pode ser um ótimo motivo para não pular a planilha!


Que tal ajudarmos uns aos outros a sair desse estado? Qual sua dica para buscarmos a motivação necessária para retornar firme e forte, buscando a endorfina dos treinos como fonte de alegria?


@julibak

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s