Do pós parto a ultra

Demorei um pouco para conseguir definir o que foi essa experiência. E também me questionei muitas vezes se era viável escrever sobre isso… mas foram tantas transformações nesse processo, incluindo de algumas pessoas que se aproximaram devido a ele que pensei: porque não? Sempre senti que poderia ajudar pessoas escrevendo…

Esse tema parece ser título de superação, mas nada mais é do que uma ESCOLHA, a qual temos oportunidades todos os dias de fazê-la. E o que aprendi diante de tudo que passei nesse ano foi: se você escolher todos os dias por VOCÊ, não há nada que você não possa fazer, pois está agindo conforme seu CORAÇÃO.

Planejamento e medalhas de 2019

Desafios de 2019

Tudo isso começou após o período de mudança mais brusca que já passei (e passei por algumas!). Acredito que ser mãe é uma das “tarefas” mais transformadoras na vida de uma mulher: muda-se o corpo, o humor, a responsabilidade, as prioridades, as preocupações, a rotina e como é bem sabido por muitas, morre uma parte de você e nasce a culpa. Posso dizer que pra mim não foi um período fácil de ultrapassar. Fui obrigada (sim nesse sentido mesmo) a aprender muitas coisas aos quais jamais pensei que precisaria. Não vivi a plenitude de tudo o que eu precisava devido a escuridão em que me encontrei, e justo eu que sempre fui dita como uma pessoa de luz… pois bem, depois de muitos aprendizados da minha nova “função” a vida me convidou a olhar ao que estava vivendo, e me mostrou que eu tinha o poder de ESCOLHER se permaneceria onde eu estava ou se iria buscar uma vida diferente de todas que já vivi. Optei pela segunda opção…

Fiz uma promessa para mim mesma: #2019anoimpardaju porque lembrei que todos os anos em que fui mais feliz foram ímpares, e esse seria o momento ideal de voltar a sentir isso.

Meias maratonas do ano

Interrompi muitos planos com a minha gravidez, que fiz questão de realizá-los. Seria como se eu tivesse feito uma pausa, e continuaria exatamente de onde parei. Tracei meta a meta com direito a pensar: se eu ultrapassar todos eles, irei atrás do meu grande sonho! Não que a vida seja só a CORRIDA, mas ela já tinha me salvado em 2012, e eu sabia que ela seria o start ideal para minha nova vida!

Treinar para os planos que fiz com uma bebê de 1 ano e pouco não foi nada fácil. Nem todos os bebês dormem a noite toda, e a minha gosta muito de um colinho de madrugada… o principal obstáculo que eu tive foi o DESCANSO, que era quase nulo. Vocês devem saber que treinar para uma meia ou maratona não são treinos fáceis, aos quais muitas vezes ao final queremos somente um banho e dar uma “deitadinha”… isso não era uma escolha pra mim. O que eu tinha era: não dormir direito, acordar mais cedo, cuidar da neném, treinar, voltar correndo para estar com ela durante o resto do dia. Sacrifício? Não, estar com ela é o que me dá mais alegria nessa vida! O difícil era deixá-la por algumas horas pra poder treinar, mas aprendi nessa jornada que é preciso estar bem conosco para poder sermos bons com os outros. Então foi uma escolha por mim, diante das condições que eu tenho.

Participação 3 etapas 28 praias: Costas Sul, Central e Norte

E assim foi… todo um planejamento acertado com meu treinador e incentivador Emerson Bisan, que sempre me disse ser possível! Você acredita você faz

Foram muitos treinos, dedicação, apoio externo, incentivos virtuais, pouco descanso mas a determinação de alcançar um sonho muito grande! Vocês podem me perguntar: mas precisava ser uma ultra? Não podia ser uma “maratoninha” só? De início eu precisava me provar ser capaz de fazer algo que sempre achei impossível… depois eu enxerguei que eu podia fazer qualquer coisa, porque eu já estava sendo uma pessoa ao qual nunca pensei que seria, na maratona da vida de mãe solteira. E se um dia eu sonhei com isso, eu ia poder realizar.

O caminho não foi fácil, mas a realização de cada etapa e o sorriso da pequena eram meus maiores incentivos. Sai da inércia de 1 ano e meio sem correr para um planejamento estratégico e progressivo… foram provas de 21k, maratona, desafio do Rio, primeira ultra, quando enxerguei que o sonho era realizável!

Desafio Cidade Maravilhosa 21 + 42k

Tive ajuda de muitas pessoas nesse processo… tanto profissional: terapeutas, coach, treinador, como pessoal: meus amigos, minha família e muitas pessoas que se aproximaram de mim “do nada” e se tornaram amigos… eu sei que o nada não existe, então chamo todas essas pessoas de anjos enviados por Deus!

Gostaria de incentivar todas as mamães a entenderem que podemos ser ótimas mães, mas que também continuamos a viver. Sei que muitas conseguem fazer isso com maestria, mas as que se sentem culpadas por pensar em si, tentem enxergar o benefício: se você estiver bem com você, seu filho estará ainda mais feliz ao seu lado! Para as mamães corredoras… não importa o tempo, quando sentirem necessidade de voltarem a correr, voltem! Se programem, levem o bebê se necessário for (garanto que eles gostam!) e não se sinta menos por estar devagar… nossa cabeça costuma nos cobrar de algo que já tivemos, contrariando as vezes o corpo que não está no momento de acompanhar. A determinação de se buscar algo que se quer é o que deve ser a sua motivação.

Primeira ultra! UAI 65k

Primeira Ultra! UAI 65k

O caminho nem sempre é fácil, mas é exatamente o qual precisamos passar… a ESCOLHA é sempre nossa, de enfrentar as dificuldades olhando para elas como OPORTUNIDADES ou como VÍTIMAS.

Seja qual for o seu tempo de vida, nunca é tarde para se descobrir e agir da forma que realmente te faz feliz.

A realização de um sonho! BM 75k Out/2019

A realização de um sonho! BM 75k Out/2019

Do pós parto a ultra… a realização de um sonho! E muitas transformações 🦋

Juliana @julibak

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s